quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

#LUTO


E é preciso ver beleza nisso tudo.
Jogue para lá a falta de animo.
A falta de sorte .
A falta de motivação .
Deus lhe deu fé e se agarre nela para seguir em frente.

Seguir sem olhar para trás.

12/11/2013 - Teixeira vá em paz , sentiremos muito sua falta.

Autoria: Simone Cajá

"Pode copiar, mas dê créditos por favor."

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Mané.



Falta tempo .
Tranborda vontade .
Um sentimento não controlado .
É ironico dizer .
Mas mesmo sem te ver .
É absurda a saudade que sinto de você .

Por que você não vem me ver ?

Autoria: Simone Cajá

"Pode copiar, mas dê créditos por favor."

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

S.O.S


"I love old things. They make me feel sad. 
- What's good about sad?
It's happy for deep people."

Autor: Desconhecido

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Caindo em Contradição


Tudo isso que aconteceu, foi um erro.

Mas mesmo assim: NÃO

Não me deixe para trás
Não solte a minha mão.
Com você do meu lado
vivo uma eterna ilusão
E mesmo que tudo seja em vão

Eu não quero acordar.

Autoria: Simone Cajá

"Pode copiar, mas dê créditos por favor."

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Inspirações do mundo OCO





Todos os meus reis estão acordados essa noite
de longe vejo luzes acessas, luzes distantes que se perde no horizonte
Sinto como, se estive acordado ali, bem perto, trazendo algo que tenha importância
algo que pudesse completar aquele vazio presente no ar, algo que traz a briza, suave, tão real, 
que presente está como as gotas de água no mar que evaporam, mas deixam o calor, permitem sonhar...
sonhar acordado, os reis acordados, distantes a brilhar

Autoria: Simone Cajá e Degaba
"Pode copiar, mas dê créditos por favor.

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Normal?


A troca de olhares era surreal.
Não precisava de palavras
Um entendia o outro de uma forma natural
Pode parecer, mas isso não é amor.

As conversas era assimétricas.
As viagens por lugares jamais vistos.
Agente era bem mais que amigo.
Pode parecer, mas isso não é amor.

Agora a ficha caiu,
E eu não tenho nada mais a dizer
Agente, sei lá agora tipo nem tem nada a ver.
Isso até parecia amor.

Que horror.

Autoria: Simone Cajá

"Pode copiar, mas dê créditos por favor."

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Esperado.


E eu que falava de mais, que escrevia de mais, perdi as palavras, perdi  a razão. E de repente eu não conseguia nem dizer nem escrever. Senti um frio na barriga que descia das pernas até o pé. Náo parecia borboletas no estomângo parecia fantasmas rasgando querendo machucar meu coração. Fantasmas do passado que voltaram só pra fazer o que uma vez já fez: Fuder com a minha razão. E não é bom te ver assim sem o sarcasmo ou a ironia, sem as piadas, as alegrias . Eu também já devia esperar, estava tudo muito bom e uma hora tinha que acabar. Bem vindo ao mundo real.
Autoria: Simone Cajá
"Pode copiar, mas dê créditos por favor."

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Randômico


A: Que dia é hoje?
B: Sexta - feira.
A: Foi o que pensei.
B: E o que isso tudo tem a ver?
A: Nada feche os olhos e sentirá.

Autoria: Simone Cajá

"Pode copiar, mas dê créditos por favor.

quinta-feira, 4 de julho de 2013

AM




Eu grito mas ninguém pode ouvir. 
Pensando bem, é bom mesmo não ouvir.
Afinal sempre senti vergonha quando algo é relacionado a você.
Porque sem você é como se eu fosse um nada.
Ninguém nunca vai entender o quanto dói.
Mais não é a dor das marcas, mas sim dos motivos que me levam a me marcar
E como se surgisse uma esperança, a cada cicatriz.
Como se algo pudesse me salvar.
Então, quando acaba, e termina.
Desejo que todas aquelas coisas ruins voltem.
Para novamente sentir.

Autoria: Simone Cajá

"Pode copiar, mas dê créditos por favor."

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Retórico



Não é a coisa certa a se fazer. Ponto.
Mas mesmo assim fez.
A questão é que não tinha como controlar.
O clima estava a favor, a conversa, a música, o dia.
As palavras sumiram.
Só sobrou o ...

A questão é que em uma fração de segundos
todo sumiu, e aquilo de importante
ficou inrelevante.

E o pior de tudo,mesmo não sendo a coisa certa.
Eu queria.

Eu ainda quero.
Autoria: Simone Cajá

"Pode copiar, mas dê créditos por favor.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Diferentes tempos.


E mais uma vez sento para escrever.
Pelo fato de não conseguir dizer.
Passa tanta coisa na minha cabeça.
Mais ainda no meu coração.
Mas quem vem dar atenção , para o que eu penso?
Estamos em epóca de Revolução.
Autoria: Simone Cajá
"Pode copiar, mas dê créditos por favor.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Ansiedade?



A ansiedade destroi aos poucos.
Ela mata.
Uma coisa que te consome, te domina.
Eu não sou mais um  mesma.
E como  se tivesse vozes em mim, querendo me dorminar, querendo me enloquecer.

Os calmantes não me ajudam mais.
A música também não.
Nem conversas com os amigos.
Nem terapia.
Nem solidão.

Eu  perdi.
Eu me perdi.
 
Autoria: Simone Cajá
 
"Pode copiar, mas dê créditos por favor.

Antidepressivos



"Antidepressivos não cura distrai.

E ultimamente preciso distrair.

Por que assim: Tenho medo de (já) ter perdido muito tempo.

Tenho medo de  cada vez ser mais difícil.

Tenho medo de endurecer, de fechar e me  perder dentro da minha eterna solidão."
Autoria: Simone Cajá
"Pode copiar, mas dê créditos por favor."

Ciclo visioso ...



Novas Experiências

Novas descobertas

Velhas decepções...
 
Autoria: Simone Cajá
 
"Pode copiar, mas dê créditos por favor."

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Nostalgia





Até hoje eu volto e leio tudo que escrevi que um dia desejei para nós dois.
Eu leio.
E apenas sorrio.
 
Autoria: Simone Cajá
 
"Pode copiar, mas dê créditos por favor."

Legal, seria se...



Engraçado seria se do dia pra noite se realizasse tudo aquilo que  eu queria.
 Imagina o caos? a fantasia? o extâse?  o sentimento? a  emoção.

Seria melhor do que sempre pensei.
Seria tão bom.

Acordar: me encontrar , não estar em   um lugar que nunca quis viver.
Sair, trabalhar. Ver você

Fazer o que quiser sem ordens há obedecer.

Aí como seria bom

Como seria.
 
Autoria: Simone Cajá
 
"Pode copiar, mas dê créditos por favor."

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Sonho?


E de repente um abraço forte e sinto lagrimas em meu peito, eu nunca tinha visto nada parecido. Nunca tinha sentido nada igual. Foi ruim. Foi desgastante. Foi depresivel.
E mais um vez a onda de sentimentos me tomou e me fez simplesmente não pensar.
Me fez desistir.
Desta vez o sonho acabou.
E estou proibida de sonhar novamente.
 
Autoria: Simone Cajá
 
"Pode copiar, mas dê créditos por favor."
 

Insônia?



Um barulho como se o universo estivesse caindo sobre mim, viro para um lado e para o outro mas não consigo dormir. è como se alguém estivesse mechendo comigo, meu corpo não para não queta. minha mente um turbilhão, uma locomotiva que vai passando com seus vagões refletindo milhões de pensamentos. que no fim leva ao mesmo. a mesma dúvida e angustia.

Se eu já sei onde esse caminho vai dá, porque diabos ainda continuo andando por ele?

Autoria: Simone Cajá
"Pode copiar, mas dê créditos por favor."



2013?


Em volta: um barulho infernal risadas, abraços, fogos de artificio. O ano novo estava aí, tantas pessoas em volta e em mim: um vazio.
Pessoas se comprimentando e desejando alegria para o ano que começava, havia música alta, máscaras, confetes, serpetina, alegria. E eu me desliguei. Fechei os olhos e fiquei imaginando em tudo que passou. em tudo que iria passar e em como eu nãop gostaria de estar neste lugar.
De olhos fechados recebo um abraço. Um abraço de quem eu desejeva que não estivesse lá ao meu lado. Um abraço que fez tudo mudar.
Uma esperança nasceu. A revolta sumiu.
Por que não começar de novo? Como é aquela música mesmo? "Tudo novo de novo"
Bem vindo 2013

Autoria: Simone Cajá

"Pode copiar, mas dê créditos por favor."